Brito web Rádio
Posts em Destaque

Posts mais selecionados estão esperando por você . Veja isso

Mural de Recados

Evangélicos cobram presidente do Senado sobre sabatina de pastor indicado ao STF

Parlamentares evangélicos, entre senadores e deputados federais, se reuniram com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para cobrar o agendamento da sabatina do pastor André Mendonça na CCJ do Senado. Os parlamentares foram recebidos na residência oficial da presidência do Senado, e estiveram acompanhados de lideranças evangélicas, como o bispo Abner Ferreira, que apoiam a indicação de Mendonça ao STF. Uma das preocupações do grupo evangélico era esclarecer com Pacheco os rumores de que o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) ainda não agendou a sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) por, supostamente, estar atuando nos bastidores para assegurar a derrota de Mendonça. O jornal Folha de S. Paulo noticiou que Alcolumbre teria dito a aliados que só agendará a sabatina “quando tiver a certeza de que o nome do ex-ministro de Jair Bolsonaro será derrotado”. O próprio presidente da República recebeu lideranças evangélicas no Palácio do Planalto na tarde da última quarta-feira, 15 de setembro, e de acordo com o pastor Silas Malafaia, que esteve na reunião, afirmou que o nome de Mendonça será mantido e que não há “segunda opção”. Malafaia acrescentou ainda que, na reunião feita horas antes com o presidente do Senado, ele teria garantido que iria ajudar a negociação em torno do nome de Mendonça: “[Pacheco] vai falar com o Alcolumbre, vai pautar para resolver logo essa história”, disse o pastor da ADVEC. Estiveram presentes nas reuniões o bispo Abner Ferreira, o pastor Samuel Câmara, os apóstolos Estevam Hernandes, Cesar Augusto e Renê Terra Nova, e os bispos Robson Rodovalho e JB, entre outros. Os senadores Carlos Viana, Flávio Bolsonaro e Eliziane Gama, e os deputados Cezinha de Madureira e Abílio Santana, membros da Frente Parlamentar Evangélica, também participaram do encontro. A hipótese de desistir da indicação feita pelo presidente Jair Bolsonaro ao STF não passa pela cabeça de André Mendonça, mesmo após quase dois meses desde que o mandatário anunciou seu nome. O pastor afirmou que é “zero vezes zero” a chance de recuar na articulação para garantir os 41 votos necessários para se tornar ministro da Corte constitucional. O próprio presidente do Senado afirmou que não conhece as razões pelas quais Alcolumbre ainda não marcou data para a sabatina do jurista “terrivelmente evangélico”, segundo informações do portal Último Segundo. “Recebi [na quarta-feira] líderes evangélicos de todo o país, com senadores da bancada evangélica. Trataram a respeito da indicação do ministro André Mendonca. Acho que estamos num bom caminho para exaurir esse assunto com a sabatina do ministro André Mendonça. Conversarei com o presidente Davi Alcolumbre, obviamente respeitando a autoridade dele como presidente da CCJ, mas sempre faremos a ponderação do melhor caminho, de consenso, para poder resolvermos essa questão”, declarou o presidente do Senado.
Share:

PMS SÃO AFASTADOS POR SUSPEITA DE MATAR JOVEM DE 21 ANOS EM BAR, NA BAHIA





 Caso aconteceu em Barreiras, onde namorada da vítima foi assediada por um dos PMs. Trio se alterou durante discussão e um dos militares disparou contra jovem duas vezes. Três policiais militares foram afastados das atividades pela suspeita de matar um jovem de 21 anos dentro de um bar, na cidade de Barreiras, oeste da Bahia. O crime aconteceu no feriado da Independência do Brasil, dia 7 de setembro. A vítima é o Carlos Henrique, que tinha acabado de fazer aniversário. Na última sexta-feira (17), os suspeitos foram ouvidos na Corregedoria da Polícia Militar do município. A família de Carlos Henrique fez um protesto na frente da corporação e cobrou justiça pelo assassinato do jovem. De acordo com o irmão da vítima, o trio de PMs estava alterado. Um deles teria assediado a namorada de Carlos, que foi conversar com o policial. “Um deles soltou uma piada [cantada] para minha cunhada. Aí meu irmão tentou um diálogo com eles, e um deles estava alterado. Foi quando eu reclamei, que eu vi a situação, e vi que eles estavam armados. Então ali gerou um pânico, porque eles puxaram armas. Eu tentei conversar, mas eles não queriam diálogo", contou ele, que não foi identificado. "Um gritava muito se identificando como policial militar, fez o primeiro disparo. Aí a população que estava dentro do clube entrou em desespero, porque tinha muitos frequentadores no clube. Eu saí correndo, querendo resguardar minha vida. Com o segundo disparo, ele executou meu irmão dentro do bar”. Por meio de nota, o estabelecimento informou que revistou todos os presentes, mas os militares rejeitaram a revista, se identificando como policiais. O local disse ainda que não compactua com as atitudes. Emocionada, a mãe de Carlos Henrique, a dona de casa Jucélia, disse que não tem conseguido dormir desde o crime. “Nós estamos aqui nas mãos de Deus. Cada dia que passa, a gente não dorme, não come. Eu não estou aguentando essa dor”, disse ela. “Quero justiça na morte de meu filho. Quero esses três policiais atrás das grades e sem farda, porque a polícia é para proteger, não é para matar”. O tenente coronel da PM de Barreiras, Soares, disse que o caso já está sendo apurado e que os envolvidos estão alojados em um quartel da Corregedoria da corporação. “A Polícia Militar fica muito triste com um fato deste. Estamos com a mãe da vítima e, no que couber à Polícia Militar, estaremos tomando todas as providências. Já foi instaurado o procedimento para apuração dos fatos, vamos colaborar com a Polícia Civil na investigação e os policiais já foram afastados do serviço operacional. Já estão aquartelados, cumprindo expedientes. Vamos dar todo o apoio à família, no que for necessário”. Veja mais notícias do estado no G1 Bahia. Assista aos vídeos do G1 e TV Bahia 💻 Ouça 'Eu Te Explico' 🎙

FONTE: https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2021/09/18/pms-sao-afastados-por-suspeita-de-matar-jovem-de-21-anos-em-bar-na-bahia.ghtml

Share:

JUSTIÇA DECRETA PRISÃO DE POLICIAL PENAL POR HOMICÍDIO QUE FOI DETIDO POR LEVAR DROGAS PARA PRESÍDIO

Anderson Silva foi preso temporariamente em agosto, mas decisões mantêm investigado recluso. Defesa planeja entrar com pedido de habeas corpus. Policial penal foi preso em agosto, durante operação da Draco Polícia Civil/Divulgação A juíza Lívia Simone Cardoso, da Vara do Tribunal do Júri de Macapá, decretou a prisão preventiva do policial penal Anderson Luiz Dias da Silva, de 41 anos, na ação penal por um homicídio de 2018 do qual ele é réu. Ele já está detido no sistema penitenciário desde agosto, quando foi preso na operação "Calabar", da Polícia Civil do Amapá. A investigação aponta que Anderson teria recebido entre R$ 15 mil e R$ 20 mil a cada remessa de drogas e celulares levada por ele para o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen). O mandado era temporário, no entanto, segundo a Divisão de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), essa prisão também foi convertida em preventiva. Anderson já havia sido preso pelo homicídio na semana do crime. Marcelo Brito da Silva, de 25 anos, foi morto com 3 tiros em 2018, após uma discussão no trânsito. Na delegacia, o policial penal alegou na época que não tinha a intenção de matar e que os disparos foram feitos "para assustar a vítima". Agente penitenciário é réu por matar Marcelo Brito da Silva, em 2018, em Macapá (foto de 2018) Polícia Civil/Divulgação Defesa de Anderson, o advogado Elias Reis declarou que deve pedir a liberdade do agente em relação ao homicídio. No caso da prisão preventiva da operação da Draco, ele informou que já entrou com pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap). "Em nenhum dos casos não estão presentes requisitos do artigo 312 do Código do Processo Penal. [...] Diferente dos magistrados do 1º grau, que entendem ter os requisitos, a defesa dele entende que não existe. Na questão do homicídio, não tem nenhuma notícia de que estava ameaçando testemunha. Falta apenas o interrogatório dele", disse Reis. Na decisão da Vara do Tribunal do Júri, na sexta-feira (17), a juíza ressaltou que o agente "continua praticando crimes graves", citando a prisão na operação, e que ele estaria integrando uma organização criminosa. "Há fortes indícios que apontam, em tese, sua participação em outros crimes, tais como tráfico de drogas, organização criminosa e corrupção passiva, motivo pela qual não vejo outra medida que não a decretação da prisão, para fins de garantia da ordem pública. Medidas cautelares diversas da prisão não se mostram suficientes e adequadas para o caso, pois réu já deixou clara a intensão de permanecer na prática delitiva", escreveu a magistrada. Homicídio Marcelo Brito da Silva foi morto em 2018 Reprodução Facebook Marcelo Brito da Silva, de 25 anos, foi atingido por três tiros no "Lugar Bonito", praça na orla de Macapá, na madrugada de véspera do Natal de 2018. O homicídio teria sido o resultado de uma discussão que iniciou no trânsito momentos antes. Ele morreu no hospital onde foi atendido. O agente penitenciário foi reconhecido por amigos da vítima. Anderson não foi preso em flagrante, mas teria assumido para a Polícia Civil a autoria do crime no dia seguinte ao homicídio. De acordo com a polícia, ele declarou em depoimento que não tinha a intenção de matar e que os disparos foram feitos "para assustar a vítima". A arma utilizada no crime foi entregue para a perícia durante as investigações. Ele tinha a documentação regular e o porte do revólver. 'Calabar' Policial penal foi preso em agosto por atuar em esquema para entrada de drogas e armas no Iapen O mandado de prisão temporária de 30 dias foi cumprido contra o servidor público em 3 de agosto, na Central de Monitoramento Eletrônico (CME) do Iapen, em Macapá. A investigação tem indícios de que o policial penal integra uma organização criminosa e beneficia detentos. Na época, o advogado Bruno da Costa declarou que Anderson negou as acusações, disse que nada foi encontrado com o cliente e que a investigação se baseia em suposições. "Não foi encontrado nada com o Anderson, nenhuma droga, na residência dele não foi feita busca e apreensão. Só existe supostas testemunhas que afirmam terem presenciado alguma conduta ilícita, mas não tem nenhuma prova contundente que justifique a manutenção da prisão. [...] Estamos averiguando as provas, tomando as medidas necessárias para por ele em liberdade, restaurar a Justiça e comprovar a verdade dos fatos", falou Costa. Servidor público foi preso em agosto na Central de Monitoramento Eletrônico (CME) do Iapen, em Macapá Polícia Civil/Divulgação Além de Anderson, a operação “Calabar” também cumpriu outro mandado de prisão contra um interno do Iapen e 2 mandados de busca e apreensão contra os investigados. Conforme a Draco, o inquérito policial foi instaurado após denuncia do próprio presídio. Após ser preso, Anderson preferiu permanecer em silêncio no depoimento. No entanto, o detento preso na ação afirmou que o agente participava do esquema há cerca de um ano. O policial penal segue recluso no Centro de Custódia do Zerão. Para a Draco, não há dúvidas da participação do servidor. "Era uma atividade ilícita que vinha se desenvolvendo há um certo tempo. Esse policial penal é amigo íntimo de um líder de facção do estado, que inclusive foi transferido para um presídio federal. [...] As provas são claras e não restam dúvidas de que, de fato, foi ele, e que contou com ajuda desse preso", pontuou o delegado Estéfano Santos, em agosto. Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP: FONTE: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2021/09/18/justica-decreta-prisao-de-policial-penal-por-homicidio-que-foi-detido-por-levar-drogas-para-presidio.ghtml
Share:

Presidentes de clubes militares convocam filiados para o dia 7

 Líderes assinaram uma nota conjunta



Os presidentes do Clube Militar, Clube Naval e do Clube de Aeronáutica, assinaram nota conjunta em convocação de seus filiados para as manifestações programadas para o dia 7 de setembro, feriado da Independência.

No documento, eles afirmam que o feriado da Independência é uma data a ser efusivamente comemorada por todos os brasileiros que presam a independência e a liberdade.

No entanto, os presidentes fazem uma ponderação acerca dos limites extrapolados pelos Poderes do Estado.

– A independência e a liberdade são perdidas facilmente quando os responsáveis pela condução das instituições colocam os seus interesses partidários ou pessoais acima daqueles do país e quando os poderes do Estado não se cingem a seus limites constitucionais – disseram em nota.

Nota conjunta de presidentes de clubes militares Foto: Reprodução/CNN
Share:

Ministério da Saúde recebe mais 1,5 milhão de doses da Pfizer neste sábado (4)

No total, Brasil registra mais de 55,2 milhões de doses da farmacêutica entregues aos estados

OBrasil recebeu, neste sábado (4), um novo lote com 1,5 milhão de doses da Pfizer/BioNTech. As vacinas desembarcaram, às 13h56, no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). As doses serão distribuídas aos estados nos próximos dias. Conheça as etapas do processo de distribuição, que segue normas rígidas para que a vacina chegue com segurança aos brasileiros: Do laboratório ao braço: caminho das vacinas Covid-19 tem controle de qualidade rígido e operação logística em tempo recorde. O Brasil registra mais de 55,2 milhões de doses da Pfizer entregues aos estados e Distrito Federal desde o início da campanha nacional de imunização. Todos os dados sobre distribuição e aplicação das vacinas estão no LocalizaSUS. Pátria vacinada No total, o Ministério da Saúde já entregou aos estados e ao DF mais de 253,7 milhões de doses de vacinas Covid-19. Mais de 133,5 milhões de brasileiros já receberam a primeira dose dos imunizantes, isto é, 83,4% dos 160 milhões de pessoas com mais de 18 anos. Mais de 65,6 milhões já estão totalmente imunizados com as duas doses ou dose única. Nathan Victor Ministério da Saúde (61) 3315-3580 / 2351 Categoria Educação e Pesquisa
Share:

Chave pix pra você contribuir com a Rádio

 Chave pix pra você contribuir com a nossa Rádio

                  241a5d0a-e6dc-4960-a339-585e3fd25798

Share:

Rádio Itacira FM

Somos uma emissora de web Radio Gospel voltada ao público de todas as gerações. Seu repertório musical nos diversos ritmos e estilos, agrada a todos e a cada dia conquista outros internautas em diferentes regiões do Brasil e do Mundo. A nossa Rádio web atua 24h com sua programação. A rádio apresenta programas musicais, intercalados com notícias, informações e mensagem de fé. . No site, informações esportivas e os destaques na política, cultura e utilidade publica de forma clara, imparcial e objetiva. Graças ao poder democrático e de alcance mundial da internet, a nossa Web Rádio amplia todos os limites que uma rádio convencional consegue. Peça a sua musica, envie seu recado, sua sugestão, seu evento, sua festa, sua homenagem, sua foto, seu vídeo. Se preferir nos enviar uma informação, coloque seu nome, telefone e cidade para darmos o devido credito.
https://www.britowebradio.com.br/



 

Share:

David Britto


 

Share:




Share:

PROGRAMA SHOW DO BRITTO


Share:

Caminhada evangélica em Wagner, Bahia, dia 21 de dezembro, sábado, a partir das 17 horas



Share:

Assembleia de Deus na Bahia, celebra centenário na Arena Fonte Nova



A Igreja Evangélica Assembleia de Deus celebrou neste sábado, 7 de dezembro, o centenário (1919-2019) da congregação na Bahia. O evento ocorreu na Arena Fonte Nova, em Salvador. E contou com a presença do pastor José Carlos Lima (PB), Presidente da União de Ministros das Assembleias de Deus no Nordeste (UMADENE), de fiéis e pastores da Convenção Estadual das Assembleias de Deus na Bahia (CEADEB). Além de várias autoridades do segmento político. Entre eles: o presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, deputado Nelson Leal e do secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, que na oportunidade representando o governador Rui Costa, parabenizou a denominação elencando vários resultados benéficos na sociedade baiana a partir da presença da instituição religiosa.
Apesar da celebração está programada para começar às 18h00, quatro horas antes foram registradas muitas pessoas no local aguardando o momento para ocuparem seus lugares nas arquibancadas. Haja vista, foi notório a alegria que os presentes demonstraram, principalmente nas postagens publicadas nas redes sociais.
O evento contou ainda com as participações especiais dos cantores Eliã Oliveira (PE), Canção e Louvor (PB), Clayton Queiroz (SP) e Walkíria Nunes (BA). E do Preletor Pr. Genival Bento (AL). O coral composto apenas por mulheres entoou duas canções que emocionou a todos.
A Assembleia de Deus na Bahia é composta por 613 campos eclesiásticos. Há quase 500 mil fiéis e são cerca de 2.500 pastores que compõem a (CEADEB), presidida pelo pastor Valdomiro Pereira da Silva.
Por Ilqquesllei Rodrigues
Share:

CENTENÁRIO DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NA BAHIA.CONVITE OFICIAL PR VALDOMIRO PEREIRA

Share:

Festividade da Assembleia de Deus em Catuaba/Bonito BA

Share:

Grupo de coreografia, AD-WAGNER-BA

Share:

ELYAB BRITTO

BRITO WEB RÁDIO


 

WhatsApp


BRITO WEB RÁDIO


 

BRITO WEB RÁDIO


 

Programa Show do Britto

PROGRAMA SHOW DO BRITTO

Brito web Rádio: Sistema Paz no Lar de Comunicação ... Tecnologia do Blogger.

Recent Posts